+351 252 218 219 [email protected]

Quem está prestes a iniciar um negócio on-line, certamente que descobre muitas plataformas de e-commerce nas quais se incluem Shopify, WordPress ou PrestaShop. Todas podem ser boas opções para quem quer arrancar com o seu negócio online.

Qual a plataforma mais adequada ao seu negócio? Shopify vs. WordPress vs. PrestaShop?

Todas as plataformas têm os seus prós e contras. Em situações específicas uma pode revelar-se melhor do que a outra. Ou seja, não é fácil decidir. Mas, vamos analisar, em detalhe, e independentemente do que vai comercializar: produtos ou serviços, vamos descobrir qual a plataforma mais adequada ao seu negócio.

A história dos dois WordPresses

Para quem não está familiarizado com o WordPress, ao fazer a pesquisa online vai encontrar wordpress.org e o wordpress.com.

O WordPress.com permite construir e alojar sites no próprio WordPress.com. Apesar, de toda a configuração ser fácil, a maioria das pessoas opta pelo wordpress.org.

A segunda opção, wordpress.org, é uma plataforma que é descarregada e desenvolvida a partir do zero, portanto, permite uma maior personalização. E pode ser alojada num servidor que não seja o do WordPress.

Quando falamos sobre o WordPress, geralmente falamos sobre a plataforma com alojamento próprio e não propriamente sobre a ferramenta que permite construir websites.

Shopify vs. WordPress vs. PrestaShop: Os príncipos básicos

Shopify e WordPress são duas plataformas muito diferentes.
O WordPress começou por funcionar enquanto serviço de blog, estava ao alcance de todos que quisessem criar blogs, e permitia evoluir para um website completo. No entanto, o WordPress não inclui nenhum recurso de comércio eletrónico, de raíz.

Ou seja, para desenvolver e-commerce ou carrinho de compras, é necessário instalar um plug-in. E existem milhões de sites WordPress usados por bloggers e por grandes empresas.

O Shopify é uma plataforma ecommerce que foi projetada a pensar nos negócios. Ao contrário do WordPress, o Shopify foi pensado para o comércio eletrónico e permite começar a vender produtos e serviços, logo após o registo. Esta plataforma já traz incorporados muitos recursos que outras plataformas ainda não têm, e que precisam de os adicionar como extra.

À semelhança do Shopify, o Prestashop também foi desenvolvido a pensar nos negócios online. É fácil de instalar, é possível descarregar o ficheiro de instalação inicial no website oficial da PrestaShop. Depois só são necessários alguns passos para criar uma loja on-line responsiva e funcional. Mesmo que o utilizador tenha uma fraca ligação à Internet, não será uma tarefa difícil fazer o deploy/implantação desta plataforma e-commerce, uma vez que o tamanho do ficheiro só ocupa 6Mb.

Qual é o mais fácil de usar?

O WordPress disponibiliza milhares de temas que pode descarregar e criar o seu site. Esta plataforma é a mais indicada para quem pretende criar um website de carácter mais informativo. Tem a possibilidade de comprar temas diferentes para garantir uma maior “exclusividade”, para conferir um aspeto mais único do seu negócio.

Para desenvolver a sua loja online, vai precisar do plugin WooCommerce.
O WordPress é a ferramenta mais fácil para criar um website, mas não é a mais indicada para desenvolver e-commerce. Para configurar o seu projeto online, precisa de descarregar o WordPress e todos os plugins necessários, ou seja, todas as ferramentas que vão auxiliar na otimização da gestão e a operação, por exemplo: SEO ou redes sociais.

O plug-in WooCommerce permitir-lhe integrar o seu e-commerce no seu website WordPress, assim como permite configurar a loja: produtos, detalhes da loja, carrinho de compras etc.

O Shopify é uma plataforma desenvolvida com um recurso de comércio eletrónico incorporado. Esta plataforma foi projetada, desde início, para criar comércios eletrónicos, sem necessidade de instalar funcionalidades adicionais. O Shopify também é fácil para criar um site.

O PrestaShop tem temas personalizados práticos e úteis. Não são necessários conhecimentos técnicos avançados para desenvolver uma loja virtual no PrestaShop. O design é simples, a interface gráfica permite uma utilização intuitiva no backoffice. O proprietário da loja online apenas necessita de conhecimentos técnicos básicos para gerir e fazer manutenção da loja online. Existem mais de 25000 plugins disponíveis para o PrestaShop, que facilitam a criação e o funcionamento da loja.

E o Marketing Digital?

No atual contexto de negócios, um mundo extremamente competitivo, todas as empresas que procuram aumentar as suas probabilidades de sucesso são obrigadas a recorrer ao marketing digital. Esta ação permite que as empresas possam divulgar o seu nome e expandir os seus negócios, através de email marketing, SEO, Google Ads e muito mais.

O WordPress foi desenvolvido com foco para trabalhar conteúdo, não podemos esquecer o seu conceito original, a sua essência: plataforma de blogs; e o Google adora conteúdo. Apesar de muitos negócios eletrónicos desvalorizarem o conteúdo, é muito importante ter um blog. O WordPress permite facilmente configurar um blog. O WordPress tem muitos plug-ins de SEO.

O Shopify e o PrestaShop também dispõem de algumas funcionalidades de SEO e blog, mas não tão robustas quanto as do WordPress. Os blogs no Shopify ou no PrestaShop podem ser toscos e menos intuitivos. O SEO, principalmente para iniciantes, é mais fácil no WordPress que no Shopify ou PrestaShop, porque no WordPress já existem diversas ferramentas criadas para o efeito, que ajudam a torná-lo mais eficaz.

Funções empresariais incorporadas

À semelhança do que já tem sido referido ao longo do artigo, o WordPress não tem funcionalidades de origem ou incorporadas que estejam direcionadas para as empresas (e-commerce, faturação, etc), ou para o negócio. Para estas funcionalidades extra é necessário fazer o download dos plug-ins adequados às mesmas, e atenção que nem todos os plug-ins são gratuitos. 
Além disso, o suporte técnico comercial do WordPress é praticamente inexistente. E se precisar de ajuda ou se tiver dúvidas, torna-se difícil encontrar informação e respostas, sendo necessário procurar a informação em fóruns existentes para o efeito.

O plug-in WooCommerce integra recursos direcionados ao contexto dos negócios, inclui cálculos automáticos de taxas de impostos, recursos de análise de produtos, criação de produtos ilimitados e categorização para ser mais fácil encontrar produtos.

O Shopify integra funcionalidades de comércio eletrónico já bastante avançadas, por exemplo, o envio de emails para os utilizadores que deixam carrinhos de compras abandonados. Isto é, quando o utilizador adiciona artigos ao seu carrinho de compras e sai do website sem concluir a compra, chama-se abandonar o carrinho de compras.

O Shopify permite enviar e-mails para estes utilizadores, para relembrar que deixaram artigo(s) no carrinho. É possível adicionar artigos ilimitados, tem largura de banda ilimitada, cupões de produtos ou códigos de desconto e cálculo da taxa de imposto.

Relativamente ao suporte técnico, o Shopify tem um dos melhores sistemas de serviço ao cliente. Se tiver algum problema com o Shopify, pode ligar para pedir ajuda.

A mais-valia do Prestashop são os métodos de pagamento que são confiáveis e práticos: Google Checkout e PayPal. Estes métodos de pagamento são seguros e não geram preocupação no utilizador quanto a qualquer tipo de atividade fraudulenta.
As transações são seguras, sendo processadas através do sistema de protocolo SSL. Além disso, o Prestashop permite concluir a compra e realizar o pagamento na mesma página, o que aumenta a taxa de conversão na compra do produto.

O PrestaShop inclui outros recursos “fora da caixa”: ferramentas promocionais gratuitas, como automação de e-mail, cupons, ofertas e vouchers. Os “os produtos mais vistos”, gestão de devoluções e localização de encomendas, são alguns dos recursos que vêm de origem que visam valorizar a experiência do utilizador.

Qual é a plataforma certa para o seu negócio?

Se está a planear ter um blog no seu site, e usá-lo com muita frequência, para melhor otimizar a estratégia de conteúdo e SEO, então o WordPress é mais flexível. Para além das inúmeras opções, o WordPress tem uma maior possibilidade de personalização face ao Shopify ou ao PrestaShop. A maior desvantagem é sempre que precise de adicionar funcionalidades, tem que instalar plug-ins, como o plug-in do comércio eletrónico.

Desenvolver um site de comércio eletrónico não é fácil, mas o Shopify ajuda a simplificar o processo. O Shopify tem funcionalidades de adaptadas e direcionadas ao contexto empresarial e de  negócios, originalmente incorporadas. Se dispensa descobrir e pesquisar quais os plug-ins que deve instalar, ou os recursos que precisa, o Shopify fornece uma interface fácil e intuitiva para a criar o site do seu negócio. A desvantagem é que não tem à disposição as ferramentas de marketing digital (SEO) que o WordPress potencia.

O Prestashop está preparado para suportar várias moedas e idiomas. As lojas PrestaShop podem apoiar-se na vasta comunidade, espalhada por todo o mundo, para desenvolver lojas de maneira eficaz. Embora o principal suporte seja fornecido em inglês e francês, é possível traduzir a loja online entre 40 a 45 idiomas. Para além das poucas ferramentas de marketing digital disponíveis, o PrestaShop permite uma personalização limitada aos plug-ins existentes (tal como o Shopify).

Todas as plataformas têm as suas vantagens, mas a decisão deve ir ao encontro das necessidades da sua empresa e do seu negócio..

Comece o seu negócio

Independentemente da sua escolha, Shopify x WordPress x PrestaShop, deve ter em conta que até atingir a velocidade cruzeiro do seu negócio online, vislumbra-se um longo caminho. Mas, que será mais suave com a nossa ajuda. A SetupTech está aqui, para apoiar e aconselhar sobre qual a melhor solução para o desenvolvimento do seu projeto.

Para mais informações sobre lojas online, pode explorar o nosso website e visitar os serviços que disponibilizamos, ou ler mais artigos no blog.