+351 252 218 219 info@setup.technology

Ter um site é cada vez mais importante (ou fundamental) para o sucesso de uma empresa, e existem diversas opções gratuitas para o fazer. No entanto, para quem pretende uma solução de qualidade, personalizada e que contribua para a performance da sua empresa, encontrar uma empresa que desenvolva um site profissional pode ser a melhor opção.

O dilema

O dilema é fácil de entender e muita gente está familiarizada com o mesmo: ter um site de qualidade é quase obrigatório para quem tem um negócio mas muitas vezes, especialmente para quem está a começar com um orçamento limitado, é complicado investir muito dinheiro num site.

Este artigo ajuda-o a avaliar algumas das diferentes opções para fazer um site:

Opção 1 : Criar site gratuito

Se o orçamento é mesmo muito limitado existem diversas plataformas “gratuitas” onde pode criar o seu site. As vantagens destas plataformas é que pode criar um site em poucas horas e colocá-lo instantaneamente online sem necessitar de ter conhecimentos específicos de programação ou design. Algumas das plataformas mais conhecidas são:

 

  1. Wix

A Wix utiliza um sitema de drag and drop, ou seja, é possível arrastar secções do site organizando-as da forma que queremos (de acordo com as limitações do template). O interface intuitivo permite a quem tenha conhecimentos de informática na óptica do utilizador consiga fazer o seu site, não sendo para isso necessário conhecimentos de programação ou design.

  • Vantagens:
    • Interface intuitivo
    • Simples de fazer e bastante flexível
    • Custo zero na versão mais elementar
  • Desvantagens:
    • Dependência da plataforma WIX
    • Hipóteses de customização adicional pagas (domínio, outras funcionalidades, etc)
    • Hipósteses limitadas de customização e templates pré-determinados

 

  1. WordPress

O WordPress é uma das plataformas mais utilizadas do mundo para criação de sites. Não é drag and drop – os templates são mais estáticos – mas possui a vantagem de ter um conjunto de complementos (widgets) que nos permitem executar diversas funções. Existem duas versões, uma onde não é preciso dominar programação (wordpress.com) e outra orientada para programadores que permite outro tipo de personalização mas requer conhecimentos mais avançados de programação (wordpress.org)

  • Vantagens (do wordpress.com)
    • Fácil utilização
    • Templates com layouts bastante profissionais
    • Widgets permitem alguma flexibilidade e personalização
    • Versão básica com custo zero
  • Desvantagens (do wordpress.com)
    • Necessário pagar para ter acesso a mais funcionalidades e a um domínio próprio
    • Não tem tantos recursos como um site desenvolvido por programadores
    • Limites na customização

 

  1. Weebly

O Weebly é outra opção para fazer o seu site. Usa também drag and drop (mas menos flexível que o Wix) e tem templates interessantes. Bom para quem quer um site simples mas tem um grande senão: muitas das funções importantes para um site são apenas desbloqueadas mediante o pagamento de uma subscrição.

  • Vantagens:
    • Interface intuitivo
    • Custo zero na versão mais elementar
  • Desvantagens:
    • Muitas das funções fundamentais são apenas accionadas no plano pago

 

Um site gratuito nestas plataformas é fácil de criar e colocar online. O problema de criar um site gratuito são as suas limitações em termos de funcionalidades (obrigando os seus utilizadores a pagarem para as desbloquearem) e o facto de não permitir à sua empresa tirar o máximo partido da sua presença online. Mesmo as versões pagas não são muito personalizáveis.

 

Opção 2: Criar um site profissional à medida

 

Para quem está disposto a investir um pouco mais na sua empresa, a melhor solução passa por construir um site profissional.

O desenvolvimento de um site profissional permite-lhe ter algo feito de acordo com a identidade da sua marca, com infinitas possibilidades de personalização e orientado para as necessidades do público-alvo. Sites deste genéro são, normalmente, efectuados por uma equipa multidisciplinar de pessoas especializadas ao nível da programação, design, marketing digital, fotografia, etc, que se conjugam para oferecer um produto que o seu utilizador vai adorar, o que aumenta as suas hipóteses de sucesso online.

  • Vantagens:
    • Altamente personalizável
    • Orientado para as necessidades do público-alvo
    • Refelecte a identidade da marca
    • Salva tempo e dinheiro através de processos automáticos
  • Desvantagens
    • Demora mais tempo a elaborar
    • É mais dispendioso

 

Conclusão:

Se a sua empresa é uma startup com pouco orçamento, um blog pessoal no início, ou se não tem mesmo o dinheiro para investir num site mais personalizado, uma plataforma como o WIX, o WordPress.com ou o Weebly (mais limitado) podem ser úteis e/ou suficientes.

Se a sua empresa quer transmitir uma imagem mais profissional e, acima de tudo, quer ter funcionalidades que lhe permitam trabalhar da melhor forma e obter melhor rentabilidade, investir num site criado especificamente para o efeito e de acordo com os objectivos e as necessidades da sua empresa é, sem dúvida, a melhor solução.